Por que pensar demais sobre tudo pode diminuir o poder da sua intuição

Mas como é que funciona essa história de "overthinking"?

Pintou uma oportunidade, uma dúvida, ou ideia e qual a primeira coisa que você faz? Você pensa a respeito e busca por respostas, na internet, dentro de si mesma e nas pessoas ao seu redor. Até aí, tudo bem, mas chega uma hora em que quanto mais você pensa, parece que sua decisão fica cada vez mais distante. As dúvidas se tornam mais angustiantes: será que eu escolho esse ou aquele? E se o outro for melhor? E se der errado?

Sabe aquelas decisões que parecem fáceis para algumas pessoas, mas são impossíveis para outras? São tantas dúvidas, hipóteses, possibilidades... tantos e se? Pois existe um nome para isso: overthinking, no inglês, ou simplesmente pensar demais. É como se estivesse rolando uma balada no cérebro, os pensamentos chegam em grande quantidade e de forma desordenada. E o problema é que, no meio dessa confusão de pensamentos, fica impossível escutar a intuição.

Pensar demais é algo que as pessoas fazem de maneira subconsciente. Ou seja, na maior parte do tempo, elas nem percebem. É apenas como suas mentes funcionam. E pode acontecer de diferentes formas, como quando ficam ruminando sobre algo que já aconteceu - como poderiam ter reagido ou o que poderiam ter dito em uma situação que já passou, imaginando diferentes desfechos para aquela história.

A outra maneira é quando começam a pensar demais no que poderá acontecer, já que seu lado lógico e controlador quer garantias e respostas para situações que podem nem se concretizar. O resultado é quase sempre o mesmo: a capacidade de tomar decisões do cérebro é consumida e a mente paralisa, desligando a habilidade de agir. Ah, e só para lembrar, o overthinking também alimenta a crítica interior, outra forte rival da intuição. (Como derrotar sua crítica interior e dar voz à sua intuição)

Intuição para fazer acontecer

Enquanto pensar demais tem um efeito paralisante e nos impede de agir, a intuição é uma forma de conhecimento que já está dentro de todas nós, uma soma da razão com a emoção. É o que usamos para fazer escolhas inteligentes e realizar tudo o que queremos para nós mesmas.

O problema é que, quando se pensa demais, é praticamente impossível perceber todo o resto. Lembra da balada no cérebro que falamos lá atrás? Quem é que consegue escutar a intuição em meio à gritaria de um monte de pensamentos e críticas interiores? É claro que entendemos que não dá para acabar com anos e anos de overthinking do dia para a noite, mas com paciência e autocuidado, é possível nutrir corpo, mente e coração para que cada uma de nós se sinta mais confiante e segura para escutar a intuição e usá-la para seguir seus sonhos e fazer acontecer.

Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar a lidar com esse monte de pensamentos que podem impedir você de escutar sua intuição.

Reconhecer é o primeiro passo

Tente notar se você está pensando demais. Sinta o que o seu coração está dizendo e perceba se os pensamentos não estão apenas causando angústia e nervosismo.

Tire um tempo para você

Se os pensamentos não estão levando você a lugar algum, tente tirar um tempo para você. Saia para caminhar ou faça uma breve meditação. Cinco minutinhos diários podem fazer uma enorme diferença no seu dia a dia.

Abra mão do controle

Quem costuma pensar demais tem tendência a ser controladora e tentar prever exatamente como será o futuro. Tente aceitar que algumas coisas não podem ser controladas e que você as resolverá, caso aconteçam.

Pense positivo

Se você pensa demais, preste atenção aos seus pensamentos. Você perceberá que grande parte deles expressam medos e críticas. Que tal mudar o foco, e tentar enxergar as coisas sob um ângulo mais positivo e gentil com você mesma?

Divirta-se

É importante dar uma folga para a mente fazendo algo que você curte. Pode ser uma atividade física ou um hobby. O importante é relaxar o corpo, mente e coração.

Leia Também

Venha apoiar uma às outras:

Junte-se às mulheres que fazem acontecer

Produtos com o ativo