10 maneiras de escutar sua intuição e seguir seu coração

Aprenda a equilibrar razão e emoção para conquistar muito mais

A intuição é uma forma de inteligência, uma combinação entre razão e emoção que pode nos ajudar a tomar decisões mais verdadeiras. Ela sempre está lá, falando baixinho, mas às vezes estamos distraídas demais para escutar. Por isso, fizemos uma lista com 10 maneiras simples e práticas para você entender sua intuição e seguir seu coração:

1. Escute seu corpo, mente e coração

Nosso corpo costuma enviar mensagens sutis, como um frio na barriga ou o coração batendo mais forte. São pequenos sinais que nosso corpo dá quando reagimos a tudo o que acontece ao nosso redor. Não precisamos agir a cada sinal, mas devemos nos permitir sentir cada um deles. Mas cuidado, preste atenção para perceber se os sentimentos realmente são seus, ou se você está simplesmente reagindo aos sentimentos de outras pessoas.

2. Olhe para o seu passado

Sabe aqueles momentos da vida que a gente gostaria de ter a chance de voltar no tempo, para fazer tudo diferente? Aprender com os erros e arrependimentos do passado ajudam você a melhorar suas decisões no futuro. Por isso, é saudável fazer e refazer retrospectivas mentais para tentar identificar os sinais que vimos, mas resolvemos ignorar. Quando estes sinais surgirem novamente, sua intuição vai estar lá para te ajudar a fazer escolhas melhores.

3. Encare seus medos

Caneta e papel na mão (tá, pode ser o celular). Faça uma lista de tudo do que você tem medo, até as coisas mais insignificantes. Escolha uma delas e enfrente. Esse exercício mostra que às vezes nossa mente exagera, e que nosso coração é mais forte do imaginamos. Que tal seguir o coração e encarar o que tentamos evitar? Aquela conversa difícil, uma decisão importante. Afinal, evitamos o que tememos.

4. Abra espaço para a reflexão

A intuição é aquela voz que fala baixinho. Tão baixo que é impossível ouvi-la em ambientes barulhentos. Reserve tempo para curtir o silêncio e escutar o que seu corpo, mente e coração dizem a você. Pode ser meditando, rezando, fazendo uma caminhada na natureza, praticando yoga ou tomando um chá enquanto escuta uma música que te traz paz. O importante é escolher um lugar calmo, agradável e silencioso.

5. Sonhe acordada

Não valorizamos os benefícios de sonhar acordados e perdemos muito com isso. Nos nossos sonhos a gente realmente é livre para sentir e desejar, sem obstáculos ou consequências reais. Sonhar acordada é como assistir a um filme da própria vida. Quer jogar tudo para o alto para abrir o seu negócio? Se dê um tempo imaginando como sua rotina ia mudar e quais seriam suas novas conquistas. Sonhar acordada te dá mais força e energia para enfrentar os obstáculos da vida real.

6. Volte a praticar seu hobby favorito

Lembra quando você era criança e o dia voava enquanto você brincava? Qual foi a última vez que você fez uma atividade e perdeu a noção do tempo? Que tal arrumar um tempinho para esvaziar a mente e entrar em contato com os seus sentimentos? Vale cantar, dançar, pintar ou colocar uma luva de boxe e suar muito. Não existe maneira mais leve e divertida de restaurar nossas energias e deixar nosso coração mais leve.

7. Derrote a crítica que vive dentro de você

Sabe aquela voz interna que insiste que você não é boa o suficiente e que outras pessoas merecem mais do que você? A autocrítica está aqui para nos ajudar a evitar riscos desnecessários, mas pode também estar impedindo você de seguir o seu coração para fazer acontecer. Para derrotar a voz interna, comece a prestar atenção todas às vezes em que ela aparecer e questione se cada afirmação dela não está te impedindo de escutar o que seu coração quer de verdade.

8. Perceba oportunidades insistentes

Às vezes novas oportunidades insistem em aparecer quando não estamos prestando atenção. Pode ser um curso, um livro ou até uma pessoa que parecem ser interessantes, mas como estamos muito ocupadas, não damos a menor bola. Quando sua intuição quer falar com você, ela tenta chamar a sua atenção com novas oportunidades. Esteja pronta para escutá-las.

9. Sim ou não?

Sabe aquela decisão que você vem adiando já tem um tempo? Pare de fazer perguntas com um milhão de respostas e escreva em um papel uma pergunta que possa ser respondida com um sim ou não. O ideal é que a pergunta leve você a tomar uma atitude. Então, em vez de escrever "Será que eu não gosto do meu chefe?", escreva "Devo pedir demissão?". Depois, escreva sim ou não embaixo da pergunta. Dê um tempo para você mesma, e depois pegue o papel. Feche os olhos por um instante e, quando abri-los, circule a resposta, sem pensar.

10. Não tenha medo de errar

As decisões que trazem mais satisfação são aquelas que mais tememos encarar. Mas de vez em quando, até as decisões que parecem ser as mais certas, podem dar errado. E a verdade é que errar faz parte da vida, e é assim que a gente aprende. Decisões baseadas na intuição costumam melhorar conforme adquirimos mais experiência. Não deixe se abalar, analise o que funcionou e o que não funcionou e siga seu coração.

Leia Também

Venha apoiar uma às outras:

Junte-se às mulheres que fazem acontecer

Produtos com o ativo